2- Curso de Direito

Unidade Memorial da América Latina

Unidade Memorial da América Latina

Diretor do curso de Direito: Prof. Ms. Sérgio Pereira Braga

Coordenadores: Profa. Dra. Samantha Ribeiro Meyer Pflug, Prof. Ms. Gilson Ferreira e Prof. Ms. Sergio Henrique Ferreira (campus Vergueiro), Prof. Dr. Ruy Cardozo de Mello Tucunduva Sobrinho, Prof. Ms. Jackson Passos Santos , Profa. Ms Alessandra Devulsky (campus Memorial), Profa. Dra. Adriana Silva Maillart, Prof. Ms. Jean Eduardo Aguiar Caristina e Profa. Dra. Terezinha de Oliveira Domingos (campus Vila Maria), Profa. Dra. Maria Cristina Zainaghi e Prof. Ms. Alexandre Luna da Cunha (campus Santo Amaro), Prof. Leandro André Francisco Lima e Profa. Ms. Clarice de Moraes Reis (Núcleo de Prática Jurídica).

Sobre o Curso:
O curso de Direito da UNINOVE tem por vocação habilitar os alunos para enfrentar as necessidades relacionadas ao contencioso judicial, aos métodos alternativos de composição de conflitos (mediação, conciliação e arbitragem), aos mecanismos de justiça preventiva (consultorias e assessorias organizacionais), às atribuições da vida acadêmica e investiduras políticas.

Diferenciais do curso na UNINOVE:
Ao advir de diferentes categorias socioeconômicas – já trazendo consigo a vivência pessoal do conflito, a vocação para a luta, a determinação para o trabalho e a superação de obstáculos – o futuro bacharel encontra, na UNINOVE, uma equipe docente que, além de sua alta titulação (mestres e doutores), é especialmente habilitada para suprir as necessidades acadêmicas oriundas do Ensino Médio.

Sendo destinatário de um projeto de revolução pelo conhecimento é na própria UNINOVE que o estudante tem contato direto com o mundo forense e com a prática mediatória.

O curso de Direito da UNINOVE possui Núcleos de Prática Jurídica (NPJ), nos quais os universitários podem vivenciar o exercício da advocacia. Além das aulas de Prática Jurídica, o aluno pode, ao longo da semana, consultar processos findos e acompanhar processos em andamento, sempre supervisionados por professores orientadores.

Dotados de rede informatizada e de infraestrutura integrada, composta por sala de audiência, biblioteca, cartórios acadêmico e judicial, salas destinadas à triagem, sala de espera, salas de atendimento, sala de reunião, salas de conciliação e salas disponíveis para orientação, os Núcleos de Prática Jurídica disponibilizam espaço físico suficiente para a confortável acomodação e desenvolvimento salutar das atividades dos acadêmicos.

O Serviço de Assistência Jurídica (SAJU) oferece apoio jurídico e psicológico à comunidade carente das regiões onde está situado, possibilitando ao estudante o exercício da prática jurídica, além de outra grande oportunidade, qual seja, a prática da cidadania, orientada por advogados experientes e qualificados para prestar não só as devidas e necessárias orientações, mas, também, fazer acompanhamento dos discentes nos aspectos que envolvam o cotidiano da advocacia.

Para estimular a cultura da paz e da solução amigável de conflitos, o curso de Direito da UNINOVE mantém uma inédita parceria com o Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo. Trata-se da Unidade Avançada de Atendimento Judiciário (UAAJ), instalada no campus Vergueiro.

Na UAAJ são realizadas sessões de conciliação extraprocessual em substituição à litigiosidade, que contribui apenas para a inviabilização do atendimento célere por parte do Poder Judiciário e para a insatisfação do cidadão que procura uma resposta rápida para resolver um conflito.

Mercado de Trabalho:
Além das demandas tradicionais (advocacias pública e privada, ministério público, magistratura e segurança pública), a sociedade atual tem exigido bacharéis em Direito que atendam a um fenômeno altamente contemporâneo e salutar: o pluralismo jurídico, que é a existência de meios não estatais autorizados pelo Estado para prevenir e compor conflitos que o Poder Público, por diversas razões, não alcança. Isso ocorre na forma de associações de bairro, câmaras de mediação, conciliação e arbitragem, instituições voltadas à prevenção de conflitos e à justiça não judicial, bem como por meio de profissionais de outras áreas (comércio, serviço público, política partidária, jornalismo, etc.), os quais dominando o raciocínio e o repertório jurídicos possam atuar mais eficientemente, encaminhando soluções jurídicas em suas respectivas esferas de trabalho.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s